Vontades

Vontades nos levam junto ao vento
Vontades batalham com sentimento
Vontades que tecem as atitudes presentes trazem consigo sorrisos e arrependimento
E a vida continua o seu caminho
Com os pés cansados permaneço sozinho
A ilusão de ser um cara sem ninho
Some quando percebo que não possuo mais o seu carinho
Mania essa de estar sempre atuando
Gargalhadas que escondem uma alma chorando
Os sentimentos negados se acumulando
Fazem coro rindo sem pena de um coração sangrando
Vivemos presos em aparências
Construídas para nos adaptar às crenças
Da sociedade que define
Os des-homens por não conseguirem se manter sublime
Sobre as suas vontades
Querem transcender o conceito de humanidade

Carlos Roberto Ferreira 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s