Nos amamos à nossa maneira por três estações

Durante o verão, foi quando nos conhecemos. Calor exacerbado, horas conversando e noites viradas com um sorriso no rosto proporcional ao calor. Ah, é no verão que ocorre o carnaval. Ah o carnaval… Nos amamos todos os dias, uma à outra apenas.

E chegou o outono, estação que nem imaginávamos alcançar. Outono veio, porém mais turbulento que o temido inverno. Junto com as folhas que caíam, vieram brigas e términos. Mas, de repente uma árvore floresceu, esquecendo-se de que não estávamos na primavera. E seu florescer me encheu mais de amor. Algo inacreditável. Nunca passou pela minha cabeça a ideia de um amor assim.

Inverno veio e se fez temido. Nos afastou de forma que queríamos mas não achávamos ser possível. Foi nele, também, que nos permitimos tentar por uma última vez. Tentamos, não podemos negar. Somos diferentes, queremos e buscamos algo que não é compatível para com a outra.

E foi nesse inverno que nos deixamos, nos deixamos em paz. Não vamos para próxima estação. Paramos por aqui com o sentimento de primavera. Fizemos de tudo para esse amor florescer e se transbordar em nós. Ficamos por aqui, com um sorriso no rosto e sem o frio na barriga. Porém, com a sensação de que viver essas três estações valeu a pena, mesmo que as próximas não sejam tão apreciadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s